Ginkgo Biloba

Ginkgo Biloba

INGREDIENTES: Ginkgo Biloba (min. 15% Flavoglicósidos e 8% Quercetina).

CONSELHOS DE UTILIZAÇÃO: Tomar 1 comprimido após as três principais refeições.

APRESENTAÇÃO: Frasco de 90 comprimidos. Quantidade líquida total 63g.

Partilhar Produto

Descrição

Ginkgo Biloba – Sendo considerado o último represen- tante desta família em extinção. Esta árvore de origem asiática é considerada pelos botânicos como um fóssil vivo, sendo o único exemplar dessa família.

As suas folhas devidamente desidratadas podem ser administradas na forma farmacêutica de comprimidos ou cápsulas.

Nas folhas de Ginkgo encontram-se terpenos, flavonóides, glicosídeos e bioflavonóides como ginkgetin e isoginkgetin. Este complexo de princípios activos actua em casos de distúrbios circulatórios arteriais, tais como vertigem, cefaleia, dificuldade de concentração, perda de memória e diminuição da capacidade auditiva e intelectual, devido à má irrigação cerebral. Actua previamente na isquemia, angiopatias e certas formas de flebite. O Ginkgo possui uma característica particular, a de melhorar as propriedades fluidas do sangue através da diminuição da sua viscosidade, favorecendo a perfeita nutrição e oxigenação dos tecidos. Actua como profilático do processo de envelhecimento celular, inibindo a destruição do colágeno e a despolime- rização do ácido hialurónico; reactiva o metabolismo celular e promove a regularização das secreções sebáceas em peles secas e desidratadas. Úlceras dérmicas, decorrentes de um abastecimento deficiente de oxigénio e substâncias nutritivas também podem ser tratadas com Ginkgo.

Os mecanismos de acção fundamentais do Ginkgo situam-se ao nível da membrana celular, mantendo a integridade desta estrutura através da sua capacidade de combater a peroxidação lipídica das membranas por acção sobre os radicais livres.

O Ginkgo Biloba é indicado como fitoterápico no tratamento de micro-varizes, úlceras varicosas, cansaço nas pernas, dores nas pernas, artrite dos membros inferiores, e em geral todas as anomalias causadas pelo abastecimento deficiente de oxigénio e substâncias nutritivas nos tecidos.